Compartilhe

MANAUS| Um homem identificado como Raniery da Silva Pinheiro, 39, foi assassinado a tiros no Boteco Jardim Resto Bar, na noite do ultimo domingo (12). O crime aconteceu na praça do Mestre Chico 1, localizada no bairro Cachoeirinha, zona sul de Manaus. O homem era dono no estabelecimento em que foi assassinado. Uma mulher de identidade não divulgada também foi alvejada na ação criminosa.

A vítima estava com um mandado de prisão em aberto por tráfico de drogas e era foragido. Segundo moradores da região, o homem atuava com o tráfico na área (Foto: Divulgação)

De acordo com informações de testemunhas, o crime aconteceu por volta das 20h quando dois homens não identificados chegaram a pé no estabelecimento e se dirigiram até a vítima, os suspeitos efetuaram diversos disparos de arma de fogo contra o homem que não resistiu aos ferimentos e morreu. Os criminosos fugiram correndo do local.

A esposa alveja foi  socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levada para o SPA da Colônia Oliveira Machado. Não se tem informações sobre o estado de saúde da mulher.

No momento da ação criminosa, um grupo de pagode se apresentava no estabelecimento e realizava uma transmissão ao vivo pelas redes sociais. Por meio da transmissão é possível ouvir os disparos e o desesperos das pessoas que estavam no local.

De acordo com informações da polícia, a vítima já teria passagem pela polícia pelo crime de tráfico de drogas. Em 2016 ele foi preso por porte ilegal de arma em um flutuante. A vítima estava com um mandado de prisão em aberto por tráfico de drogas e era foragido. Segundo moradores da região, o homem atuava com o tráfico na área. Ele ainda seria dono de um flutuante.

O corpo da vítima foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML), o caso será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).


Compartilhe