Compartilhe

Governador também doou pescado adquirido pela ADS e entregou embarcação a unidades de conservação

O governador Wilson Lima repassou, na sexta-feira (10/09), mais de R$ 398 mil em recursos para três associações dos setores rural e social do município de Tefé (a 592 quilômetros de Manaus). Foram entregues, ainda, itens em apoio a atividades de unidades de conservação da região, além da doação de pescado adquirido de produtores locais.

Em discurso, o governador destacou outras ações do Governo do Amazonas para reduzir os impactos da pandemia de Covid-19 e da cheia junto à população mais vulnerável do município.

“Nós fizemos o Auxílio Estadual Emergencial e entregamos para essas famílias, assim como fizemos o Auxílio Estadual Enchente, que nós entregamos aqui também no município de Tefé. E semana que vem eu vou lançar o Auxílio Estadual Permanente. Ele vai ser para sempre”, disse Wilson Lima.

Por conta da pandemia, 3 mil pessoas receberam o Cartão Auxílio Estadual, de R$ 600, e mais 2,5 mil contaram com o Auxílio Estadual Enchente, de R$ 300, que ajudaram na compra de alimentos e outros itens essenciais, em Tefé.

Fomento

Para as instituições das áreas rural e social, o governador destinou recursos em forma de cheque-pagamento, por meio do Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS). Além disso, o órgão também distribuiu kits de higiene, com itens como escova e creme dental, papel higiênico, absorvente, sabonetes e álcool em gel, em reforço aos cuidados contra a Covid-19.

O valor destinado para as três associações totalizam mais de R$ 398 mil e auxiliará em projetos que atenderão 1.995 famílias. São R$ 149 mil para a Associação dos Produtores Rurais de Hortaliças de Santa Clara (Aprohortes); R$ 149 mil para a Associação Comunitária Indígena Nova Esperança do Povo Kokama da Barreira da Missão de Baixo (Acinepk); e R$ 99 mil para a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Tefé.

Setor primário

Por meio da Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS), o Governo do Amazonas adquiriu uma tonelada de pescado para ser doado às famílias em situação de vulnerabilidade social de Tefé. Também foram realizadas doações onerosas de 2, 7 mil sacos de ráfia e dois aeradores a produtores locais.

Doze produtores rurais também assinaram termo de contrato e agora passam a integrar o Programa de Regionalização da Merenda Escolar (Preme). Por meio do Preme, o Governo do Amazonas substitui gêneros alimentícios importados por produtos regionais na merenda escolar.

Além de garantir qualidade na merenda dos alunos da rede estadual de ensino, o programa contribui para a geração de emprego e renda e valoriza os pequenos produtores e cooperativas regionais. De acordo com a presidente da ADS, Michelle Bessa, a agência é a responsável pelo credenciamento desses produtores.

Assistência ambiental

O governador Wilson Lima entregou em Tefé a chave de uma embarcação que atenderá as Unidades de Conservação RDS Mamirauá, Amanã e Reserva Extrativista Catuá Ipixuna. O investimento de R$ 449.500 acontece por meio do programa Áreas Protegidas da Amazônia (Arpa) do Fundo Brasileiro da Biodiversidade (Funbio), doado à Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema).

As unidades ainda receberam R$ 50 mil em equipamentos para auxiliar atividades de gestão e melhorar a infraestrutura das bases da Sema. Foram entregues geradores, duas motocicletas, notebooks e drones.

Outras ações

O Governo do Amazonas também tem disponibilizado crédito para empreendedores investirem em seus negócios. Por meio da Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam), o Estado liberou R$ 1,2 bilhão em operações para pequenos negócios.

Também foram adquiridas 105 toneladas de alimentos de agricultores doadas para entidades que atendem pessoas carentes. As medidas incluem a entrega de 1.429 cestas básicas para pescadores afetados pela pandemia, kits para agricultura e pesca e entrega de mais de 300 Cartões do Produtor.


Compartilhe